Banner

Home > noticias > Área de embalagem flexível avança 7,5%

Notícias

Área de embalagem flexível avança 7,5%


Apesar de 2012 ter sido um ano de instabilidade para o setor de transformação de plásticos, o segmento de embalagens flexíveis registrou alta no faturamento de 7,5% com relação ao ano anterior, segundo estudo da consultoria Maxiquim para a Associação Brasileira da Indústria de Embalagens Plásticas Flexíveis (Abief).


Em 2011, o segmento faturou R$11,2 bilhões. Já no ano seguinte, o faturamento registrado foi de R$ 12 bilhões. O volume de produção também cresceu: em 2011, a produção foi de 1.779,19 mil toneladas, contra 1.813 mil toneladas em 2012, avanço de 1,9%.


"O ano de 2012 foi especialmente desafiador para o setor; os custos, com destaque para a escalada dos preços das matérias primas, dificultaram bastante a obtenção de margens satisfatórias pelas empresas", diz o presidente da Abief, Sergio Carneiro filho. As importações de embalagens flexíveis cresceram 11,5% em valores, para US$ 639 milhões e 12,8% em volume, para 136 mil toneladas em 2012. Assim, o déficit da balança comercial do setor foi o maior dos últimos oito anos, atingindo US$ 453 milhões. O estudo mostrou ainda que as exportações caíram no período. Em valores, a queda foi de 14% somando US$ 186 milhões e de 14,7% em volume, para 53 mil toneladas.


Ainda assim, a Abief vê 2013 com otimismo. "A redução dos custos da energia elétrica, a manutenção da disponibilidade de recursos para novos investimentos pelo BNDES, a momentânea nova estabilidade dos custos das matérias primas e a concretização de negociações ao longo da cadeia, tudo isso em conjunto mostra um ano mais otimista para a indústria de embalagens plásticas flexíveis", conclui Carneiro Filho.




  • NeoPlastic

  • Central de Vendas: +55(11) 4443.1000
  • Av Pacaembu, 485 - Franco da Rocha - SP

©2018 Neo Plastic. Todos os direitos reservados. Criação de Sites - C3dweb Agência Digital