Banner

Home > noticias > braskem prevê investimento maior no brasil após incentivo

Notícias

Braskem prevê investimento maior no Brasil após incentivo


 

Prevendo economizar R$ 600 milhões apenas em 2013 com a desoneração de PIS e Cofins para matérias-primas e insumos químicos, a Braskem projeta elevar investimentos nos próximos anos. O crescimento, segundo o presidente da companhia, Carlos Fadigas, é uma resposta à Medida Provisória 613, publicada na quarta-feira (8), no Diário Oficial da União. A petroquímica anunciou avanço de 49% no lucro líquido do primeiro trimestre, na base de comparação anual, somando R$ 227 milhões. "A MP saiu quarta, então estamos nesse momento avaliando nosso portfólio de investimentos. Se isso não produz um resultado agora, nos próximos meses, numa visão plurianual, o fato da empresa ter mais capacidade de investimento tende a fazer com que a Braskem, nos próximos anos, eleve o seu investimento", afirmou Fadigas, durante a divulgação dos resultados do primeiro trimestre, frisando que o maior volume de aportes deverá ser feito no Brasil. A companhia investiu R$ 297 milhões de janeiro a março deste ano e, para 2013, estima aporte de R$ 2,2 bilhões.

Perspectivas conservadoras

O executivo descartou aumento de preços no cenário atual. "Vimos, por conta de melhor atividade econômica no mundo, os preços subirem um pouco no primeiro trimestre, na comparação com o trimestre anterior, mas ao longo do mês de abril os preços caíram um pouco lá fora", relatou. "No Brasil acompanhamos o movimento de preços do mercado internacional, então não vejo nesse momento um cenário de elevação de preços", disse.  Apesar da variação sazonal favorecer volumes no segundo trimestre, o primeiro trimestre mais forte, devido à recomposição de estoques na Ásia, traz perspectivas conservadoras. "Acredito que teremos um volume em linha, estável no 2º trimestre, contra o primeiro", projetou. Fadigas afirmou ainda que a Braskem trabalha para que a diferença entre o preço das resinas e preço da nafta, o chamado spread, mantenha-se estável no trimestre. "Há uma queda da nafta um pouco menor do que estão caindo as resinas e os petroquímicos básicos. Isso poderia jogar um pouco contra o nosso spread no trimestre. Estamos vendo a forma de administrar para não ter muito desse impacto e ter um trimestre em linha", disse. Prevendo que, com volumes e spread em linha, a geração de caixa também deve acompanhar.

Cenário positivo

O diretor de relações com investidores, Guilherme Melega, previu ainda a redução da alavancagem financeira da empresa, medida pela relação dívida líquida/Ebitda e a reversão até o fim do ano de ratings negativos atribuídos por agências de classificação de risco. "O cenário é muito mais positivo esse ano. Isso favorece o rating e a geração de caixa, assim como os desinvestimentos programados", disse Melega. A Braskem mantém plano de se desfazer de ativos não estratégicos, dentre os quais a distribuidora de químicos quantiQ.

DCI – Portal – 13/05/2013




  • NeoPlastic

  • Central de Vendas: +55(11) 4443.1000
  • Av Pacaembu, 485 - Franco da Rocha - SP

©2018 Neo Plastic. Todos os direitos reservados. Criação de Sites - C3dweb Agência Digital